Baladeira de Paramoti - Blog do Marcelo Sampaio



Baladeira de Paramoti 10 Anos lutando contra a corrupção - A verdade das Contas da prefeitura

 


A prefeitura de Paramoti lancou uma postagem no Facebook, relatando as contas a pagar da prefeitura.A "nova administração" informa que existe um débito a pagar de R$ 1.287.306,26 da folha de pagamentos dos salários dos servidores municipais do mes de dezembro(referentes ao salário do mês e 13º.
Outras contas como energia, água,telefone e internet dariam um total de R$ 231.723,85.Na nota eles informam o valor de cada débito.
Também fala de débitos de empréstimos consignados no valor de R$ 348.605,48
Só que para o blog , aparentemente o pessoal da prefeitura somou duas vezes o valor de R$ 231.723,85 para alegar que os débitos chegam " a mais de dois milhões de reais". Na realidade o débito alegado pela administração chegaria a R$ 2.099.359,44.Retirando o valor acrescentado erroneamente, o valor certo seria R$ 1.867.636,48.
Só que o blog teve acesso a uma planilha do saldo das contas da prefeitura que mostra que a administração entrou 2017 com muito dinheiro no banco.
O valor que a "nova administração" encontrou no banco foi a importância de R$ 1.324.015,99.
Caso você subtraia o valor real dos débitos menos o valor do dinheiro em conta teremos o débito real(R$ 1.867.636,20 - R$ 1.324.015,99 = R$ 543.620,21).

O valor do débito em vez de R$ 2.099.359,44 , na verdade seria R$ 543.620,21. Alguém tem que comprar umas calculadoras novas para esta administração

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Só lembrando que membros da administração da Telvania já nos informaram que colocaram conta que não existe no meio dos alegados débitos.
Com relação aos débitos relativos designados, tenho que prestar uma informação.A Câmara Municipal aprovou que seus empregados contratados pudessem fazer empréstimos consignados.
A vereadora Andréa Barreto pediu que estes empréstimos consignados só fossem autorizados depois de seis meses que estes contratados estivessem trabalhando.Sabe o que aconteceu ?
Todos os vereadores votaram contra. Casos estes contratados saiam do serviço antes de pagar o empréstimo, sabem quem vai pagar a conta ?

É bom que os paramotienses saibam que a nova administração vai querer enganá-los nos próximos quatro anos.

 

Direto do Facebook

Como Paramoti dar voltas, o sindicato dos servidores públicos passou quatro anos alegando que a prefeitura tava cheio de dinheiro e agora de uma hora pra outra não têm mais nada. Dá pra explicar!

 

 Primeira Bomba do ano


Comenta-se nas rodas políticas do município que já se sabe quem foi que fez a denúncia contra o Magrão,o que levou a sua detenção no dia da inauguração do comitê da Telvania.

Caso seja divulgado o nome do responsável pela denúncia, o que não é certo ainda,muitas pessoas ficarão surpresas com o autor.Dizem que não foi nenhum nome ventilado até agora.Quem será a pessoa ? O blogueiro não está a par do nome do autor da denúncia.

 

Prefeitura só atende quem votou no grupo Feijó

 

Ponto de interrogação confuso dos desenhos animados com mãos Foto de Stock Royalty Free
Começou mais cedo do que se imaginava a perseguição do grupo Feijó aos paramotienses.Membros deste grupo já alertam que a prefeitura está de portas fechadas para quem votou ou quem for da oposição.
O que nos leva a deduzir que a administração só trabalhará para menos de 50% da população.

A arrogância é tão grande na administração,que em uma missa na igreja,as pessoas de oposição não eram nem cumprimentados.
Só quero lembrar que depois de uma eleição,sempre vem outra com quatro anos.

O triste mesmo é ver esta perseguição com as próprias pessoas que apoiaram o grupo Feijó.
Para não cumprir promessas de campanha, ficam alegando que a pessoa não deixou de falar com as pessoas que não votaram neles.
Infelizmente muitas pessoas se vendem por causa de empregos na prefeitura.Alguns conseguem dez empregos e outros apenas um.

Só que o atual prefeito não pode colocar a culpa de que o quadro da prefeitura está inchado,pois quem realizou o último concurso da prefeitura foi o filho dele.

Apesar disto a atual administração não vai bem: um paramotiense foi protocolar várias reclamações na Secretaria de Infraestrutura,e mesmo contando com setenta servidores, não tinha ninguém para receber o ofício.

Em tempo: a administração está fazendo um recadastramento dos servidores Municipal,para saber quem está trabalhando e aonde.
Como se a administração não soubesse quem são os eternos funcionários fantasmas de Paramoti.Qualquer dúvida, é só olhar nas fotos da campanha eleitoral do prefeito eleito,que eles estão lá.

 Prefeitura Casa Pio e Blog paga por foto do caminhão do PAC


A prefeitura de Paramoti está sendo chamada de Casa Pio pelos servidores municipais.Tudo porque vai pagar o salário de dezembro em 30-60-90-120 dias,igual ao crediário daquela famosa sapataria.

O blog vai pagar R$ 50,00 pela melhor foto do caminhão caçamba do PAC carregando barro à noite.O caminhão caçamba do PAC não é visto trabalhando durante o dia.Este ano ele só está trabalhando durante a noite.Porque será?

 

Câmara Municipal discrimina deficientes físicos e idosos


A imagem pode conter: nuvem e céu
A presidência da Câmara Municipal De Paramoti quer manter a distância os deficientes físicos,idosos e pessoas com problemas de acessibilidade e mobilidade.
Tudo porque o escritório da Câmara foi instalado no andar superior de um comércio.Apesar de infringir uma lei federal que prevê acessibilidade e mobilidade ( 10098/2000),a atual presidente da Câmara vai manter a distância uma boa quantidade de paramotienses. Não percam amanhã: vamos divulgar qual vai ser a primeira bomba do ano.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 07h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Rateio da Verba do Funcef

Nós publicamos abaixo  acordo assinado para o rateio da verba do Funcef  da prefeitura de Canindé. Os termos assinados entre a prefeitura de Paramoti e a APEOC são os mesmos.

Enquanto algumas pessoas falam que o acordo só é válido para os professores que estavam na prefeitura de Paramoti antes do último concurso da prefeitura, outros dizem que é válido para todos.

A APEOC vai ficar com 20% da verba que será destinada para Paramoti. O Sindsemp, só a titulo de informaação, não receberá nenhum valor.Não foi o melhor acordo, mas foi  que se conseguiu.

De qualquer maneira será uma injeção de dinheiro na economia do municipio. A prefeitura receberá o dinheiro no dia 12 de dezembro.

 

Prefeitura quita folha de Agosto  dos servidores municipais

 

Foi a força , mas o Sindsemp depois que conseguiu o bloqueio das contas bancárias da prefeitura, conseguiu enfim que fosse quitado a folha salarial do mês de agosto. Foi quitados os servidores concursados e comissionados. A próxima folha a ser quitada será a de setembro.

 

Estrada para Água Boa


Samuel Martins já se pronunciou de que é dele o pedido de asfaltar a estrada Água Boa a sede do municipio. Segundo ele, o pedido já passou pelo gabinete do governador.

A licitação só não aconteceu este ano pela escassez de recursos e pela seca pela qual atravessa o estado.

Estamos fazendo o registro, para que outras pessoas não se apossem do trabalho feito por Samuel Martins.

 

Insegurança continua em Paramoti

Os assaltantes continuam mandando e desmandando em Paramoti. Semana passada um dos grandes comerciantes da cidade , foi visitado pelos ladrões, logo após abrir as portas do seu comércio, por volta das cinco horas da manhã.Ainda bem que os prejuizos foram só materiais.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 13h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Prefeitura sem crédito é assim

Uma turma de funcionários do DERT está em Paramoti para reparar a estrada Santa Fé-Paramoti. Eles vão tampar os buracos. A prefeitura ficaria responsável pela alimentação da equipe. 

Estes funcionários do DERT ficaram almoçando no Hospital Aramis Paiva, a mesma alimentação dos pacientes. Só que os funcionários não aguentaram a comida servida no hospital.

A administração tentou com vários restaurantes de Paramoti, e devido a falta de crédito , não encontrou ninguém que se dispuzesse  a vender fiado para a prefeitura. Fim de governo dificil este...



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 16h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Jornal O Globo fala da crise na prefeitura de Paramoti

Resultado de imagem para logo jornal o globo

As previsões alertaram que 2016 seria um ano de dinheiro curto nas prefeituras por causa da crise econômica. Mesmo assim, muitos prefeitos retardaram o quanto puderam a arrumação das finanças públicas e, agora, com o fim das eleições, uma série de intervenções financeiras começam a pipocar no país. Prefeituras estão tendo suas contas bancárias bloqueadas para que, ao menos, o pagamento de salários atrasados seja garantido. Há servidores que estão sem receber há três meses, escolas funcionando em meio período por falta de merenda, unidades de saúde fechadas por greve do pessoal da limpeza e até coleta de lixo suspensa.

O cenário desolador está longe de ser algo pontual. Um levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) feito após o primeiro turno das eleições com 3.155 prefeituras apontou que 77% delas estão no vermelho. O rombo chega a R$ 69 bilhões, o equivalente a mais de duas vezes o orçamento da prefeitura do Rio.

Com o pagamento do 13º salário batendo à porta, a tendência é que o quadro se agrave. Não existe uma estatística do número de prefeituras com as contas bloqueadas. Mas autoridades de Tribunais de Contas e Ministério Público afirmam que os bloqueios se intensificaram com o fim da eleição. Muitas denúncias chegaram a esses órgãos por prefeitos eleitos preocupados com o tamanho do buraco financeiro que receberão.

— É histórico no Brasil a dilapidação do patrimônio público pelo gestor derrotado na eleição. Veículos são entregues sem motor e móveis, equipamentos e recursos somem da prefeitura. Mas, esse ano, a situação é mais grave. O atraso de pagamento de servidores e fornecedores virou quase uma regra, e o bloqueio das contas é o instrumento que temos para reduzir esse dano — disse o conselheiro do Tribunal de Contas do Piauí Jaylson Campelo.

O TCE piauiense bloqueou somente nos últimos dez dias as contas de 14 prefeituras. Uma delas é Piripiri, um dos cinco maiores municípios do estado, onde há funcionários sem receber salário desde agosto. Apesar disso, a atual gestão estava realizando concurso público para contratação de mais servidores, mesmo estando a prefeitura acima do limite permitido por lei para gasto com pessoal.

O GLOBO encontrou histórias semelhantes em pelo menos outros quatro estados (Pernambuco, Alagoas, Natal e Ceará). Elas atingem prefeituras de diversos tamanhos, da pequena Paramoti (CE), de apenas 12 mil habitantes, à capital Natal (RN). No último dia 1º, esta prefeitura teve R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça para quitação de uma dívida em favor de um hospital que cobra o pagamento por cirurgias, exames e consultas.

Em Paramoti, no sertão cearense, há servidores sem receber desde setembro. O sindicato dos funcionários denunciou a situação à Promotoria, que conseguiu, no dia 20 de outubro, o bloqueio das contas. Desde então, todos os recursos repassados pelo governo federal estão sendo transferidos para uma conta judicial. Mas a medida está longe de resolver o quadro de penúria, porque a dívida acumulada é superior ao dinheiro disponível em caixa. A presidente do sindicato, Emanuela Mesquita, diz que apenas os atrasados dos profissionais da Educação somam R$ 627 mil.

SEM RECURSOS PARA MERENDA E COLETA DE LIXO

Na prática, com o bloqueio de contas, o prefeito em final de mandato fica impedido de movimentar as finanças da cidade. Qualquer pagamento precisa ser autorizado pelo tribunal.

O atraso de salário não é o único efeito colateral da crise fiscal dos municípios. Em casos mais graves, serviços de educação, saúde e limpeza pública estão sendo afetados. Em Paramoti, escolas estão operando em meio período por falta de merenda, e a coleta de lixo foi suspensa porque a empresa contratada não recebeu.

— O poder de pagamento agora está com o juiz. Vamos ver o que será possível fazer, mas é provável que não dê para pagar todos até o fim do ano. O prefeito não se candidatou à reeleição e agora está se vingando — diz Emanuela.

Falta de pagamento a terceirizados também interrompeu na semana passada a coleta de lixo em Aracaju (SE). A prefeitura diz que não há prazo para a normalização do serviço. O Ministério Público de Contas de Sergipe pediu o bloqueio das contas da administração, mas o caso espera julgamento do TCE. O salário de setembro dos servidores foi pago com um mês de atraso, e os funcionários da Saúde e Educação deram prazo até a próxima semana para o pagamento de outubro. Caso contrário, ameaçam cruzar os braços.

— Temos escolas sem funcionar porque não têm merendeira nem limpeza, pois a prefeitura não pagou. Não entendemos como as contas da educação estão esse caos se os repasses do governo federal estão em dia — questiona o presidente do Sindicato da Educação de Aracaju, Adelmo Meneses.

Desde a criação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em 2000, há regras sobre o que é permitido e proibido a um gestor público no apagar das luzes do mandato. Ele não pode assumir despesas a partir de maio do último ano de governo sem deixar dinheiro em caixa para o sucessor, nem aumentar despesa com pessoal nos seis meses anteriores ao fim da gestão. Multa, ressarcimento aos cofres públicos e até a inelegibilidade do político são as punições que podem sofrer quem descumpri-las.

— Tenho dito que não apostem na impunidade porque vão perder. Estamos vivendo tempos alvissareiros no combate à má gestão de recursos públicos — disse Campelo.

Para ajudar nas transições de governo em ano de crise, o Instituto Paulista de Gestão Municipal (IPGM) reunirá prefeitos paulistas na próxima semana para um curso de finanças públicas.


— Houve queda de arrecadação grande, e muitos prefeitos não se prepararam ao longo do mandato para fechar as contas em dia. Acredito que dois terços das prefeituras de São Paulo vão ter problemas com as contas este ano — avaliou o presidente da entidade, Marcelo Palavéri.

A prefeitura de Aracaju informou esta semana que reconhece que a administração municipal possui débito com as empresas de coleta de lixo e garantiu que está se esforçando para quitar a dívida. O governo culpa a crise econômica no país pelo caos financeiro municipal.

A prefeitura de Natal comunicou que enviaria uma nota para comentar o bloqueio de contas, mas não encaminhou. A reportagem tentou contato com as demais prefeituras citadas, mas não localizou os responsáveis.

Direto do Facebook-Carroça recolhe lixo em Paramoti



Novo modelo de coleta de lixo utilizado pela população de paramoti que não suporta tanto lixo nas ruas uma vergonha.os vereadores eleitos pelo povo deixar o município chegar à esse ponto. Porque a culpa disso tudo que está acontecendo não é só do prefeito não me desculpem os excelentíssimos vereadores se chegou a esse ponto é porque vcs não fizeram o seu devido papel.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 14h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Editorial - Acordão Politico em Paramoti

 

Tudo que acontece na politica em Paramoti, primeiro é para que os politicos se protejam. Depois se pensa no povo, ou nem isso.

A questão é que a Justiça está atrás da penhorar os bens do prefeito eleito de Paramoti. E necessita que a administração Samuel Boyadjian indique bens a serem penhorados, só que esta  administração está se omitindo.


Mas a troco de que o lider do grupo Boyadjian estaria protegendo o prefeito eleito do grupo Feijó ? 

O que se comenta é que esta omissão se dá em troca de cargos na nova administração  para membros do grupo Boyadjian. Enquanto isso as multas do prefeito eleito estão ficando "esquecidas". E o pedido da justiça para que se indique os bens a serem penhorados vão ficando para depois.

O blogueiro não entende o porquê de qualquer cidadão não poder indicar os bens para serem penhorados. Existe até a declaração de bens declarados a Justiça eleitoral na ocasião do registro da candidatura.

O próprio blogueiro já se ofereceu para indicar os bens a serem penhorados. Talvez esperem que o prefeito eleito indique os bens de sua propriedade para serem penhorados pela justiça...

 

Vereador João Batista aprova projeto

 

Câmara Municipal aprova projeto de autoria do vereador João Batista que destina 60% da verba do Funcef para os professores do municipio.Os vereadores Edite, Ivan, Antonio Carlos e Zé Weyne votaram a favor do projeto.

Porque será que os outros vereadores votaram contra ?

 

Resposta ao Vereador Zé Weyne


O vereador Zé Weyne perguntou quem era Marcelo Sampaio para pedir afastamento do prefeito Samuel Boyadjian,durante sessão da Câmara Municipal.

Eu respondo para o vereador Zé Weyne: Marcelo Sampaio é cidadão e vota em Paramoti.


Juiz dá prazo até segunda-feira


O juiz da Comarca de Paramoti deu o prazo até segunda-feira para a administração municipal apresentar a relação dos servidores que estão com salários atrasados e também a função que exercem.

O juiz quer saber o porquê do não pagamento destas pessoas. Parece que está ficando mais sério ainda este descaso da administraçaão municipal com a justiça.


Mar de Lixo no Sertão


A sede do municipio está ficando irreconhecivel devido a falta da coleta de lixo. Em todo as ruas da sede você encontra um monte de lixo. Pessoas com melhor condição financeira  estão pagando as pessoas para retirarem o lixo de suas casas.

No dia de finados causou revolta aos paramotienses a quantidade de lixo acumulada na entrada do cemitério.


A Culpa é de quem ?


Quando se pergunta ao prefeito Samuel Boyadjian o responsável pela falta da coleta de lixo no municipio, ele responsabiliza a presidente do Sindsemp Emanuela Mesquita.

A mesma resposta se consegue quando se pergunta sobre a ausência de médicos no municipio.O prefeito joga a responsabilidade para Emanuela Mesquita. 

Segundo o prefeito  Samuel Boyadjian, o bloqueio das contas da prefeitura travou a administração. Mas e o restante da administração ? Será que a culpada também foi a atuação do Sindsemp ?


Você sabe quem votou contra a redução da taxa de iluminação pública e contra o povo de Paramoti ?


Os membros da Câmara Municipal  que votaram contra a redução da taxa de iluminação pública foram a vereadora Cláudia, e os vereadores Gil e Pedro Medeiros. Imagine nos próximos quatro anos, o que vai ser votado contra o povo de Paramoti.


Aposentadoria a Vista


Comenta-se que depois do próximo mandato, a vereadora Cláudia vai se aposentar. Mas o grupo Feijó já elegeu a "nova" Cláudia. Daqui a quatro anos vocês saberão quem foi a escolhida.

 

Tudo a Ver


A logomarca da administração Samuel Boyadjian com a lagarta comendo tudo, refeita pelo blog, tem ou não tudo a ver ?


Edailson Robson em Ação


Edailson Robson , apesar de não ter sido eleito para vereador  por que faltou sessenta votos, vai continuar trabalhando em prol do  municipio. Ele vai tentar colocar em ação os projetos sociais que divulgou durante a sua campanha.

Com esta iniciativa , só quem tem a ganhar é o municipio de Paramoti. Os frutos do seu trabalho serão colhidos daqui a quatro anos.

O futuro da politica de Paramoti passará pelo jovem Edailson Robson.Quem duvida aguarde.


Paramoti passa Fome


É de dar dó no coração a situação de muitas familias em Paramoti. Tem gente passando fome no municipio em decorrência do não pagamento dos servidores municipais. Três meses sem pagamento estão dilacerando as familias, destroçando o que resta de comércio em Paramoti.

Uma leitora do blog me falou que enviou uma pequena quantia de dinheiro para a mãe dela que já estava a três dias sem comer.Isto para vocês imaginarem a situação das familias que dependem exclusivamente do pagamento dos salários pela prefeitura.


Parceria do Blog com escritórios de advocacia

Simbolo Justiça Vector Logo Free Download

Caso você more em Fortaleza ou municipios vizinhos e esteja necessitando de um advogado para resolver questões de aposentadoria com o INSS, civeis ou trabalhistas entre em contato com o blogueiro Marcelo Sampaio.

Firmamos parceria com dois escritórios de advocacia em Fortaleza. Você será bem orientado sobre se você tem direito ou não ao que está pleiteando.


Risco Iminente


Toneira vazando.

Para quem não está se precavendo, ai vai um alerta: Paramoti é um dos municipios que pode entrar em colapso por falta de água. Só está sendo bombeado água duas vezes por semana do açude de General Sampaio.


Eleição para a presidência da Câmara Municipal


O grupo de vereadores da oposição já possui um candidato a presidência da Câmara. O vereador eleito  Chico da Sucam consultou os vereadores mais votados do que ele (Antonio Carlos e Júnior Sampaio) se queriam se candidatar a presidência da Câmara Municipal.

Como não tinham interesse, Chico da Sucam se lançou candidato e já conta com o apoio do bloco de oposição. Os vereadores Antonio Carlos, Júnior Sampaio,Andréia Bareto e Orlando da Água Boa fecharam apoio a Chico da Sucam.


Vereador Júnior Sampaio


Lembrei de um sessão da Câmara Municipal  em que o vereador Júnior Sampaio  bateu de frente com a vereadora Cláudia e meteu a chibata na última administração Feijó a frente da prefeitura.

No discurso que ele fez no plenário, ele enumerou várias irregularidades do ex-prefeito Marcos Mariz. Ele falou que faltava merenda escolar nas escolas do municipio, que servidor Municipal não tinha direito a nada.Disse que desviaram R$ 680.000,00 de três ônibus escolares; iniciaram a construção do posto de saúde do Papel e não terminaram, e que o e x-prefeito Marcos Aurélio foi até processado por causa deste posto de saúde;o estádio municipal que comeram o dinheiro e não terminaram; pelos HUm milhão de reais dos banheiros que começaram e não terminaram.

Ele perguntou a vereadora Cláudia o que foi que ela fez para coibir estas irregularidades.Perguntou pelos trezentos mil do PAA  que desviaram da merenda escolar;perguntou por Hum milhão de reais para cadeiras para crianças com necessidades especiais.

Ele disse que só queria a familia Feijó mais uma vez no poder, pois eles tinham perdido o apoio dele para o resto da vida. Estou aguardando o ano iniciar para cobrar a palavra do vereador Júnior Sampaio.

 

Pergunta que não quer calar ?

Ponto de interrogação confuso dos desenhos animados com mãos Foto de Stock Royalty Free

Será que os eleitores da Telvania estão felizes por terem ajudado a entregar a prefeitura nas mãos da familia Feijó ?



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 18h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Editorial - A Aceitação Generalizada da Corrupção em Paramoti

O problema do municipio de Paramoti é de dificil resolução. Todos querem tirar uma casquinha em beneficio próprio dos recursos da prefeitura, se esquecendo que também existem outras paramotienses no municipio.

A quantidade de funcionários-fantasmas que recebem sem trabalhar, é estarrecedora. Existe uma funcionária-fantasma que está a mais de dez anos sem trabalhar. Mas os familiares e seus amigos, dizem que ela merece receber sem trabalhar.

É professor que em vez de estar na sala de aula, está trabalhando no seu comércio.Mas está recebendo sem trabalhar.

Todos os servidores fazem vista grossa sobre este assunto, esperando uma oportunidade de estar no melhor dos céus: receber sem trabalhar. Até mesmo o sindicato dos servidores que deveria combater esta prática, faz de conta de que este problema não é da alçada deles.

Todos os dois grupo politicos majoritários possuem seus funcionários-fantasmas e também a sua cota de beneficios em prol deles mesmo. É uma amostra que não se trabalha para crescer e desenvolver o municipio, mas somente para encher os bolsos de dinheiro.

Os votos conscientes da última eleição, talvez elegessem dois vereadores para a Câmara Municipal. Infelizmente o que mais se viu foi a compra generalizada de votos dos eleitores que querem vendê-los.Esperemos que os vereadores que se elegeram pela primeira vez, se lembrem de trabalhar em prol dos paramotienses que votaram neles.

Teremos mais quatro anos de situação dificilima em Paramoti. Poderia ser muito pior do que já é. Imaginem se tivesse sido aprovado o concurso público para servidor da prefeitura ? E se tivesse sido aprovada a Previdência Própria, onde os servidore não conseguiriam se aposentar dignamente ?

A próxima administração vai encerrar o periodo das oligarquias em Paramoti. O grupo Boyadjian foi liquidado pela péssima administração do prefeito Samuel Boyadjian. O grupo Feijó será também será extinto depois destes quatro anos. O próximo prefeito não virá destes dois grupos. É só esperar para ver.

Enquanto isso o municipio de Paramoti deve se preparar para sofrer por mais quatro anos...

 

Câmara Municipal de Paramoti aprova projetos de autoria do vereador João Batista em beneficio dos paramotienses


Na sessão do dia 28/10, a Câmara Municipal votou e aprovou dois projetos de interesse da sociedade paramotiense. Os projetos são de autoria do vereador João Batista, tratam da redução da taxa de iluminação pública e do rateio da verba do Fundef para os profissionais da educação.

Na votação para a redução da taxa de iluminação pública, votaram a favor os vereadores Ivan, Edite, Antonio Carlos, Zé Weynes e Júnior Sampaio. Graças a este projeto do vereador João Batista, a taxa de iluminação pública sofrerá uma redução de 40%. Ainda continuará a ser uma das mais caras do pais, mas poderá sofrer nova redução, caso os vereadores da próxima legislatura assim o desejarem.

Com relação ao projeto do vereador João Batista sobre o rateio da verba do Fundef, onde os professores receberão 60% e os outros 40% serão destinados a melhoria das escolas, também foi aprovado. Votarão a favor deste projetoos vereadores Antonio Carlos, Zé Weyne,Ivan e Edite. Destamaneira está garantido o rateio da verba para os professores.


Prefeito manda parar caminhão-pipa


Nesta quinta-feira , o prefeito mandou que encostassem o caminhão-pipa da administração municipal. O motorista que está com três meses de salários atrasados, falou que as pessoas que pediam água estavam colocando óleo diesel por conta própria.

Mesmo assim, o prefeito mandou que parassem o caminhão-pipa.

 

Perguntar não ofende

 

Você sabia que a empresa que administrava a Cerâmica Paramoti foi dado baixa em 2008 e aberta outra empresa com outro nome ? O que será que aconteceu com as multas que foram aplicadas na empresa que foi dado baixa ?

 



Será que as multas foram pagas ou esquecidas ?



Para onde foi o dinheiro ?


Bem que o prefeito Samuel Boyadjian poderia falar na sua rádio, sobre este contrato no valor de R$ 500.000,00. Esta verba seria para reforma do Hospital Aramis Paiva. A deputada federal  Gorete Pereira teria conseguido para o municipio de Paramoti.

Ao que consta, não foi realizado nenhuma reforma no Hospital Aramis Paiva. Para onde foi o dinheiro então ?




Municipio perde ampliação do Estádio Municipal


Para não dizer que não comentei este assunto, ai vai mais uma da administração Samuel Boyadjian. Foi extinto o repasse para ampliação do Estádio Municipal. O motivo é que o contrato assinado em 2010, teve a prescrição de resto a pagar. Foi falta de prestação de contas mesmo.

Será que esta fatura deve ser cobrada a administração Samuel Boyadjian ou a prefeito anterior ?


Fazenda Armênia  continua embargada pela Justiça


Apesar do atual prefeito Samuel Boyadjian ter apelado, a Fazenda Armênia continua penhorada pelo Ministério Público Federal. A consequência disso é quem comprou terrenos que fazem parte da fazenda, continua sem poder transferir ou registrar no cartório.




Precatório do Fundef


Está previsto para o dia 12 de dezembro o pagamento do precatório do Fundef. É aquele dinheiro que deveria ser rateado entre os professores do município.O prefeito Samuel Boyadjian poderá destinar parte deste recurso para saldar muitas das dívidas salariais e outros pagamentos da prefeitura.

Apesar de algumas pessoas alegarem que este dinheiro seria somente para os professores, não se sabe o que o atual prefeito irá fazer.Afinal de contas a administração Samuel Boyadjian cometeu inúmeras irregularidades nestes quatro anos. Não vai fazer diferença se cometer mais uma,seja para acertar ou para errar.

Como muitas pessoas estão curiosas em saber o montante do valor ,bem que o filho do futuro prefeito que é um dos advogados da questão,poderia dizer o valor total do precatório e quanto cada advogado vai receber.




Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 20h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Editorial - Prefeito Samuel Boyadjian vai responder a processo por prevaricação

O prefeito Samuel Boyadjian vai responder a mais um processo. O problema é que a Justiça está cobrando a indicação de bens para serem penhorados do prefeito eleito Eduardo Feijó. O fato de estar com divida por causa de uma multa na Divida Ativa do Municipio, e que não foi paga.

O fato do atual prefeito Samuel Boyadjian não indicar os bens a ser penhorados pela Justiça, o levará a ser processado por omissão e prevaricação.Nada mal,  mas o que acrescentará mais um processo para quem já tem mais de duzentos?

Resultado de imagem para lucia boyadjian

Não se sabe o porquê da tentativa de naão evitar mais este processo. O fato de proteger o futuro prefeito não é entendido pelo que resta dos antigos correlegionários do grupo Boyadjian. Afinal de contas, eles não esquecem os inúmeros processos que foram abertos contra a ex-prefeita Lúcia Boyadjian.

Isto só mostra como as elites se protegem, não dando nenhuma razão ao que pensa a "senzala".


A Sessão da Câmara de Vereadores do dia 21/10


Resultado de imagem para lucia boyadjian

A sessão da Câmara Municipal da última sexta-feira foi de fazer vergonha ao mais insensivel dos habitantes do planeta.

Na sessão que votariam o afastamento do prefeito Samuel Boyadjian, apenas o vereador João Batista e a vereadora Cláudia foram a favor. O vereador Júnior Sampaio votou contra, e os outros vereadores se absteram de votar.O vereador Zé Weynes faltou a sessão.

Um dos debates mais acalorados que aconteceu foi sobre o blog Baladeira de Paramoti. A tentativa de calar o blog mais lido do municipio, já iniciou em 2016, antes mesmo de assumir a nova administração.Já soubemos que o grupo Feijó quer evitar de todas as maneiras , a fiscalização rigorosa do Baladeira de Paramoti. Inúmeros processos serão abertos contra o blogueiro e o vereador Batista. Só alertamos que quem tem rabo de palha, não deve brincar com fogo.

Mas os maus politicos não se preocupem: o Baladeira de Paramoti já fiscaliza a mais de nove anos, denunciando tudo de ruim que acontece em Paramoti. Já estamos preparados para fiscalizar nos minimos detalhes, as finanças da nova administração. Não vai ter espaço para se tolerar desvios de recursos da prefeitura, que já se encontram escassos.

 

Vereador Orlando da Água Boa


Resultado de imagem para lucia boyadjian

O Orlando da Água Boa entrou em contato com o blogueiro Marcelo Sampaio. Ele pediu para fazer um agradecimento especial aos paramotienses que o elegeram para o cargo de vereador.

Ele também manda recado para a próxima administração: ele vai ficar na oposição e fiscalizar de maneira ostensiva as contas da prefeitura.O resto é conversa para boi dormir.

 

Lúcia 2024


Resultado de imagem para lucia boyadjian

A ex-prefeita Lúcia Boyadjian comentou  no Facebook que não se lembrava que estava na relação dos ficha-suja do Tribunal de Contas dos Municipios.Talvez ela também tenha esquecido que os advogados que entraram com um pedido este ano para que ela fosse candidata nas eleições. 

Como perderam o recurso, a contagem para que ela volte a ser candidata zerou e iniciou de novo. Ela só poderá ser candidata em 2024.

Mas a ex-prefeita Lúcia Boyadjian tem muito para pensar até 2024. O fato do neto dela que foi candidato a vereador , e só teve 129 votos, levará muita gente a ter reflexão se ela ainda tem tanta popularidade como na época em que foi prefeita.

 

Processos do Ônibus Escolar



Apesar de alguns apoiadores do grupo Feijó alegarem que o prefeito Samuel Boyadjian pagou a conta dos três ônibus escolares,comprados e não pagos pelo ex-prefeito Marcos Mariz, parece que a história é outra. Republicamos a cópia do processo que continua rolando na Justiça. 

O problema atravessou a administração Samuel Boyadjian, e vai calar no colo do pai do ex-prefeito. Pelo menos fica tudo em casa.

 

 

Bomba para os professores do Municipio

 

É bom os professores do municipio ficarem de orelha em pé: corre um boato de que entraram na justiça com um processo para eles não receberem o rateio da verba do Fundef.

 

Antonio José Cavalcante

 

Comenta-se que Antonio José Cavalcante será candidato a deputado estadual em 2018. Caso isto aconteça, ele virá super-forte para as eleições de 2020 para prefeito de Paramoti. De qualquer maneira ele já tem o meu voto  em 2018 e em 2020.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 17h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Editorial - Caos na Administração do Municipio

O super-secretário que acumulava as pastas da Educação, Agricultura e Esportes arrumou as malas e foi embora de Paramoti.O chefe de Gabinete Franciano foi nomeado novo secretário de Educação.O problema de salários atrasados de contratados e concursados vai continuar.


O prefeito fala que não tem dinheiro para pagar salários atrasados e os que estão por vencer até o final do ano.
O comércio que só acumula a venda de fiados a servidores, cortou o crédito pois só acumulam dividas.


A merenda escolar não existe.Transporte escolar parado pois s carros não rodam mais.
A Justiça "lavou" as mãos porque não há mais o que fazer.


E você acreditar que o prefeito eleito de Paramoti vai resolver estes problemas ? Ele não consegue nem resolver os problemas financeiros dele, quanto mais do municipio.


Apesar das pessoas reclamarem da última postagem "Pergunta no posto Ipiranga", é preciso que os paramotienses entendam o seguinte: 
Quando você monta um empreendimento comercial, você coloca para gerenciar alguém que saiba conduzir com sucesso o seu negócio, ou uma pessoa cheia de processos judiciais, com multas a ser pagas, com bens penhorados e contas bancárias bloqueadas ?


Não tenho otimismo com relação a próxima administração, os antecendentes do prefeito eleito já falam por si só. Não adianta falar que os processos anteriores de 1996 , são coisas do passado. Não adianta os apoiadores, falarem que os processos do ex-prefeito Marcos Mariz são de outra administração.O grupo politico a que os dois pertencem são um só.


Os eleitores do 12 não querem enxergar a verdade: eles cavaram e colocaram o municipio em um buraco mais fundo do que já estava. 
Esperamos o anúncio dos secretários da próxima administração. Eles estarão na fila para fazer parte dos membros ficha-suja de Paramoti. Aguardamos para saber o nome dos paramotienses que vão responder processos na justiça.

 
A melhor frase que resume a eleição do grupo Feijó para a prefeitura pra mim é a seguinte : " A senzala bate palmas enquanto a Casa Grande faz a festa."


E para finalizar: se o municipio não cresceu quando a administração municipal era do PT, e Lula e Dilma estavam na presidência do pais, imaginem agora que o governo é de direita e o PT e o PDT estão na oposição.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 17h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Tudo em Casa

 

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome está pedindo a devolução de R$ 727.970,21 (setecentos e vinte e sete mil e novecentos e setenta reais e vinte e hum centavos) ao ex-prefeito Marcos Mariz Santos.


Este recursos eram para apoio financeiro para o Programa de Aquisição de Alimentos no municipio.Esta devolução dos recursos é devido a reprovação total da prestação de contas.Eles pedem a devolução dos recursos no prazo
de vinte dias. 


Este problema da gestão do ex-prefeito Marcos Mariz santos , vem se juntar ao problemas dos ônibus que foram comprados e não foram pagos pelo mesmo ex-prefeito. A divida dos ônibus já ultrapassou o valor de setecentos mil reais.


Os eleitores de Edfuardo Feijó perguntam porque o blogueiro só fala deles. Ainda mandam eu cuspir pra cima, para ver se cai na minha cara. Não tem jeito: eu cuspo, mas só cai em cima da familia Feijó.Eu não tenho culpa se vocês votaram errado.Leiam o documento acima, se tiverem coragem..
.



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 16h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Só Ria se Puder...



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 16h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Câmara Municipal tenta afastar prefeito Samuel Boyadjian

 

Desde o inicio do mandato do atual prefeito, vem sendo desrespeitado a Lei de Responsabilidade Fiscal. No último quadrimestre, ele gastou 74,87% da receita com pagamento de servidores.O presidente da Câmara Municipal,vereador João Batista,tenta afastar o prefeito Samuel Boyadjian.

Mais uma vez constatamos que a politica não é levada a sério por alguns "representantes" do povo em Paramoti. Enquanto alguns vereadores sérios como o presidente da Câmara Municipal,trabalha em prol do povo,outros brincam com a cara dos paramotienses.


O "sumiço" dos vereadores para a votação do afastamento do prefeito Samuel Boyadjian foi adiada pelo fato de quatro vereadores não terem comparecido.
É a velha politica de resultados e beneficios em prol deles mesmos.Um dia Paramoti acordará e elegerá representantes dignos de serem chamados de politicos. Pelo menos temos vereadores que tentam trabalhar a favor do povo, apesar do prefeito não querer.


Os vereadores Edite,Pedro Medeiros e Gil não voltam na próxima legislatura. Mas o vereador Júnior Sampaio teria que mostrar um motivo bem relevante para faltar a sessão.Esperamos que a partir do ano que vem, tenhamos uma Câmara mais atuante.
Enquanto isso o municipio de Paramoti sofre com a pior administração de todos os tempos. Esperamos que a futura gestão não seja pior do que a atual. 

Comentários circulam em Paramoti que o prefeito eleito pedirá licença depois de assumir. Mas não se preocupem, que caso isso aconteça o vice assume e fica tudo em casa. A politica do "Balança a Cuia" está de volta. 



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 15h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Projeto da Câmara beneficia professores e educação

CÂMARA MUNICIPAL DE PARAMOTI FAZ PROJETO PARA BENEFICIAR PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO PARA RECEBEREM INDENIZAÇÃO DE MAIS DE DEZ MILHÕES REFERENTES A PROCESSO INDENIZATÓRIO DE RECURSOS DO ANTIGO FUNDEF:

Profissionais aposentados, falecidos e que desempenharam suas funções no magistério terão direito a essa indenização



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 05h03
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Memes de Paramoti



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 04h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Comemorar o quê mesmo ?

 

O grupo Eduardo Feijó já está gastando por conta da eleição do final da semana passada.Hoje tem festa com trio elétrico na sede do município. Só que o grupo Feijó esqueceu de avisar aos eleitores de Paramoti,que o candidato Eduardo Feijó só disputou a eleição através de um recurso,porque ele tinha uma sentença de improbidade administrativa bem recente.O que será que acontecerá se este recurso cair antes de ser diplomado pelo TRE como prefeito de Paramoti?



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 04h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROCAP denuncia prefeito de Paramoti por crimes de responsabilidade fiscal

Nota do blog: como haviamos informado antes das eleições, o PROCAP vai atuar na prefeitura do municipio.


  Depois de quase quatro anos denunciando as irregularidades da administração Samuel Boyadjian,somente agora é que o PROCAP toma medidas contra esta gestão que tanto prejudicou o municipio. Será esta mesma fiscalização que será feita contra a nova administração do prefeito eleito Eduardo Feijó.Tudo dentro da lei, é assim que deverá funcionar a nova administração.Siga o link para ler a noticia no site(http://www.mpce.mp.br/…/procap-denuncia-prefeito-de-paramo…/)
"A Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (PROCAP) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) apresentou ao Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), na última terça-feira (04/10), ação penal contra o Prefeito de Paramoti, Samuel Boyadjian, por efetuar despesas em desacordo com as normas financeiras pertinentes e por nomear servidores públicos contra expressa disposição da lei (Art. 1º, incisos V e XIII, do Decreto Lei 201/67).

Segundo a denúncia do Ministério Público, apresentada com base em Relatórios de Acompanhamento Gerencial e Informações Técnicas do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará (TCM Ceará), o gestor municipal teria ultrapassado por praticamente dez quadrimestres consecutivos, nos exercícios financeiros de 2013 a início de 2016, o percentual máximo de 54% da receita corrente líquida prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) como limite para as despesas com pessoal, deixando ainda de adotar as medidas previstas na legislação para a recondução dos gastos aos padrões prudenciais.

Entre janeiro e abril de 2016, as despesas com pessoal alcançaram o patamar “astronômico” de 74,87% da receita corrente líquida, o que “representa uma total afronta aos princípios da boa governança e equilíbrio financeiro”, segundo a coordenadora da PROCAP, a procuradora de Justiça Vanja Fontenele. Consta ainda que o prefeito denunciado teria nomeado servidores para cargos comissionados inexistentes na estrutura organizacional do Município de Paramoti, em número superior ao previsto em lei e com salários incompatíveis com o padrão remuneratório do cargo.

“O denunciado, apesar de alertado pelo TCM a cada quadrimestre sobre a necessidade de corrigir as anomalias registradas nos Relatórios, notadamente sobre o excesso dos gastos com pessoal face à receita corrente líquida do Município, não adotou nenhuma das medidas preconizadas na LRF para adequar as despesas desconformes aos limites estabelecidos na norma. Logo, percebe-se que o denunciado teve pleno conhecimento do reiterado descumprimento da LRF, não lhe sendo lícito falar em ausência de dolo, já que nenhuma medida adotou visando à correção das irregularidades apontadas pelo TCM”, consta na denúncia apresentada pela PROCAP.

Além disso, um cidadão denunciou ainda que a alta rotatividade de servidores comissionados seria motivada por interesses pessoais e políticos do gestor, tendo como consequência o inchaço da folha de pagamento e o comprometimento do limite com gasto de pessoal. “De janeiro a outubro de 2013, o denunciado realizou 216 nomeações para cargos comissionados, salientando que algumas ocorreram em substituição a exonerações e que as sucessivas alterações na ocupação dos cargos comissionados comprometeu a qualidade dos serviços públicos essenciais. Confira-se, a propósito, as péssimas condições do transporte escolar e coleta de lixo de Paramoti, constatadas em fiscalização do TCM”, consta na petição inicial do MPCE.

A ação inaugura uma série de medidas que serão adotadas pela PROCAP visando coibir o descumprimento da LRF e o desmonte nos Municípios nos últimos meses de mandato dos atuais prefeitos.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará"



Escrito por escito por Marcelo Sampaio às 04h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog